quarta-feira, 9 de novembro de 2011
Ainda no Calcáriu

Não posso deixar de agradecer quem completou da melhor forma possível o Festival Calcariu, as bandas L.O.U.D.7, Parceria Fina, o cantor Huberth Allan, e Lunática Espiral, de Lagoa Santa e os convidados 4Instrumental e Aldan, além dos companheiros Fred Berli (Coletivo Vatos - Vespasiano) Tassio Lopes (Casa Fora do Eixo – BH), Luiz ramos (Coletivo Pegada – BH).

Abaixo mais uma bela foto de um dos meus poemas, Infinidade, enquanto eu o preparava para ir para o varal. Foto da grande amiga Aryana Dias. Vejam que minha letra não é das melhores para isso, no próximo quero bastante ajudantes com boa grafia ehehehe... Na sequência, o poema na íntegra. Amanhã, homenagem a mais uma mulher, pois comi muita sopa hoje estou custando para mexer os dedos ao digitar isso rs




Essa coisa que eu quero
Para todos nós, de bem,
É algo que nos convém
Algo que ainda espero!


É uma mistura, assim,
De amor, felicidade
Pitadas de saudade
Paz e união, por fim,


Não é só liberdade,
É mais que alma livre
Algo de mais calibre
O desejo que me invade.


Essa coisa que preciso
E que eu quero pra gente
É... não... mais! Entende?
Não tem nome pra isso...


Escrito em 02.09.2009; extraído da minha página no Recanto das Letras.

1 comentários


  1. mmariadondoca says:

    Perfeito esse poema!!! Adorei!!!

    21 de novembro de 2011 08:40

Leave a Comment